Avaliação de Empresas: Quanto vale o meu negócio?

Saiba a diferença entre os métodos de avaliação de empresas quando calculado por diferentes indicadores, como múltiplos de EBITDA ou fluxo de caixa descontado.

Valuation – O que é?

Valuation é uma análise feita para encontrar uma boa estimativa do verdadeiro valor de uma empresa, usando modelos quantitativos.

O Valuation serve para qualificar a empresa e entender sua situação financeira atual e suas perspectivas de crescimento. Desse modo, é possível explorar os aspectos que valorizam a empresa, e trabalhar nos pontos deficientes, aumentando a sua competitividade e eficiência ao longo do tempo, consequentemente aumentando o seu Valuation

O que o Valuation analisa?

Existe um considerável número de ferramentas destinadas a analisar as empresas, variando de acordo com o objetivo da avaliação e as características próprias da empresa avaliada.

Normalmente, a intenção dessas análises é verificar as perspectivas econômicas em geral, e as condições do setor em particular, averiguando fatores como:

  • O potencial da empresa na geração de lucro;
  • O comportamento do fluxo de caixa;
  • A capacidade de pagamento de dividendos;
  • A composição de seus ativos líquidos;
  • A natureza do negócio;
  • A história da empresa desde a sua fundação, ou por um período bastante amplo.

Nas avaliações para definição do Valuation, alguns bens que compõem o patrimônio da empresa são de difícil mensuração, sobretudo quando são considerados isoladamente, é o caso dos bens intangíveis, como marcas, patentes, ponto comercial, reputação, organização, entre outros. Por outro lado, as avaliações econômicas dos benefícios futuros que a empresa pode gerar dependem de um grande número de variáveis complexas, que ainda apresentam dificuldades quanto a sua quantificação, como riscos do negócio, riscos financeiros, taxa de capitalização e o crescimento da empresa.

Formas de obter o Valuation

É importante que essa avaliação sobre a empresa seja precisa, principalmente quando se tem a intenção de vendê-la ou vender suas ações, para que o preço da negociação seja justo. Para isso, existem diversas formas e modelos de avaliação, sendo os dois mais comuns os Múltiplos de EBITDA e o Fluxo de Caixa Descontado (FCD).

Múltiplos de EBITDA

A sigla em inglês EBITDA quer dizer “Earnings before interest, taxes, depreciation and amortization”, que traduzindo é “Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização”, em português conhecido pela sigla LAJIDA.

O EBITDA é uma ferramenta de extrema importância, já que é um dos indicadores mais utilizados para diversas finalidades. Ele indica quanto a empresa gera de recursos através de sua operação, desconsiderando os impostos e outros efeitos financeiros.

É fundamental a sua utilização nas negociações de empresas, tais como fusões, cisões, aquisições e parcerias, que necessitam de avaliação econômica e financeira. Além disso, calcular o EBITDA de sua empresa é necessário por outros motivos:

  • Ajuda a entender os balanços;
  • Auxilia na descoberta do potencial de geração de caixa da atividade fim da empresa;
  • Analisa a produtividade e eficiência do negócio;
  • Determina a evolução da produtividade e eficiência da organização ao longo dos anos, especialmente em comparação ano a ano com os concorrentes.

Já que o EBITDA é um indicador universal e não leva em consideração questões como financiamentos, impostos sobre o lucro, amortização e depreciação dos ativos, duas empresas de países diferentes podem ser comparadas sem a interferência destas particularidades de cada região, por mais diferentes que sejam. Isso fornece uma análise confiável sobre a competitividade do negócio na região onde atua.

A função do EBITDA é mensurar o potencial de geração de caixa e recursos financeiros da operação de uma empresa, antes de considerar e computar outras variáveis:

  • Custo de juros sobre qualquer capital tomado emprestado;
  • Impostos sobre o lucro;
  • Depreciação, Amortização, e Exaustão sobre os investimentos;

Portanto, assim que recebidas todas as receitas e pagas todas as despesas, o resultado será o valor de caixa produzido pelos ativos.

Apesar de todas as suas vantagens, a liquidez de uma empresa não pode ser determinada apenas pelo EBITDA. Ele é um índice que deverá ser avaliado num contexto operacional como um todo, e não isoladamente. Embora seja um indicador confiável para tendência de lucros da atividade operacional, é preciso entender suas limitações: o EBITDA por si só não revela a situação completa das finanças da empresa.

Para que seja feito um bom diagnóstico financeiro, ele depende de complementação através de outras ferramentas de análise, como lucro líquido, evolução do faturamento, alavancagem, situação dos custos, endividamento e retorno sobre os investimentos.

Fluxo de Caixa Descontado (FCD)

O FDC (Fluxo de Caixa Descontado) é o valor estimado de uma empresa através de uma análise com base nas perspectivas de faturamentos futuros. Nesse cálculo, são levados em consideração os riscos da atividade exercida pela empresa e o tempo decorrido necessário para recuperar o valor investido no negócio, trazendo essa projeção a valor presente, descontado pelo custo médio ponderado do capital.

Por meio desse indicador, é possível trazer o fluxo de caixa futuro da empresa para o valor presente, através de uma taxa de desconto que inclui todos os custos de capital e todos os riscos assumidos pela empresa sob avaliação.

O Fluxo de Caixa Descontado é um indicador muito importante, principalmente em ocasiões em que serão feitas negociações ou apresentados projetos a investidores e financiadores, pois mostra o potencial que o negócio tem de gerar lucro em longo prazo.

Em resumo, para calcular o Fluxo de Caixa Descontado é feita uma estimativa do valor esperado do fluxo de caixa de uma empresa, ou seja, o que ela será capaz de produzir no futuro. Após isso, acrescenta-se essa projeção ao valor do caixa nos dias atuais e subtraem-se os possíveis custos gerados tanto pelo valor do dinheiro no tempo e aos riscos relacionados ao projeto de negócio.

A Rimar Contabilidade pode te ajudar tanto a calcular o Valuation de sua empresa quanto a melhorá-lo. Fornecemos uma assessoria personalizada de qualidade, para agregar valor ao seu negócio.

Leave A Comment